sexta-feira, 13 de março de 2015

O mistério dos cactos coloridos


Quem  nunca viu deles por aí, pelo menos na internet?


Fonte

Ô lá em casa hein???


Antes de começar, para os mais ansiosos: sim, eles são reais; sim eles são encontrados a venda no Brasil; sim são fáceis de achar, não, não são pigmentados artificialmente. \o/


Fonte


Eu tive alguns, hoje tenho um só e sempre tive curiosidade para saber como são cultivados, pois só os vemos enxertados*.


*O que são cactos enxertados?

"O enxerto é uma técnica que consiste em unir a parte superior de um cacto com a inferior de outro, para gerar melhores resultados em crescimento, resistência ou durabilidade. A principal vantagem de fazer enxerto em cactos é que a prática acelera o crescimento das plantas. Além disso, a combinação entre diferentes espécies pode trazer outros benefícios, como maior resistência a pragas e doenças ou maior tempo de vida." (Fonte) - Neste link você também pode ver o passo-a-passo de um enxerto.

Fonte


Pois então, em uma noite de insônia resolvi procurar mais sobre eles. Já tinha pesquisado, mas nenhuma fonte em português. Resolvi deixar a preguiça de lado e ir à luta nos sites em inglês. O legal de a gente escrever blog é que muito do que escrevemos, pra não dizer a grande maioria, a gente nem sabia, fomos conhecer mais a fundo depois de pesquisar e passar para vocês. Pois sem pesquisar como passar uma informação correta?

Pois bem, satisfazendo minha curiosidade e acredito que de muitos de vocês, consegui desvendar o mistério desses cactos que parecem saídos do clip da música "Lucy in the sky with diamonds" ou "Yellow Submarine", dos Beatles (outra paixão minha).


Tem ou não tem a ver? Desenho do clipe da música "Lucy in the sky..."
Fonte


Fonte


Começando pelo começo

Primeiramente, as espécies de cactos que encontramos coloridos assim são os Gymnocalycium mihanovichii e os Chamacereus silvestrii. As fotos abaixo são de espécies "comuns", ou seja, não são espécies cultivares e achamos facilmente em qualquer floricultura ou viveiro que cultive cactos. O Chamacereus inclusive é bem popular nos mercados onde se tem setor de jardinagem e por preços módicos.

Gymno "comum"
Fonte

Chamacereus "comum"
Fonte


Vamos começar falando dos Gymno´s


"Gymnocalycium mihanovichii  é uma espécie de cacto da América do Sul. Os cultivares* mais populares são mutantes variegatas (ver esse post para saber o que são plantas variegatas) com falta de clorofila, expondo a pigmentação vermelha , laranja ou amarelo subjacente . Estes cultivares são freqüentemente chamados de cactus lua. Como a clorofila é necessária para a fotossíntese (processo químico que dá energia à planta), essas mudas morrem facilmente a menos que sejam enxertados em outro cacto com clorofila normal (geralmente são usados pedaços do cacto Pitaya para o enxerto - nota minha)." Fonte

*Cultivar em botânica: "...é a designação dada a determinada forma de uma planta cultivada, correspondendo a um determinado genótipo (características genéticas) e fenótipo (características ambientais) que foi selecionado e recebeu um nome único e devidamente registado com base nas suas características produtivas, decorativas ou outras que o tornem interessante para cultivo. O cultivar deve apresentar em cultura e manter durante o processo de propagação, um conjunto único de características que o distingam de maneira consistente de plantas semelhantes da mesma espécie. O termo foi criado pelo especialista em horticultura Liberty Hyde Bailey, que o derivou das palavras inglesas "cultivated" e "variety", "cultivado" e "variedade" (do latim: varietas culta), significando estritamente "variedade cultivada" de uma espécie vegetal. O conceito foi oficialmente adotado no XIII Congresso de Horticultura, realizado em Londres (1952), com o objetivo de distinguir as variedades cultivadas das de ocorrência natural." Fonte

"Os Gymnocalycium produzem filhotes muito facilmente, mesmo quando enxertados. Os filhotes podem ser enxertados para uma nova base, perpetuando a planta. Mesmo os melhores enxertos duram apenas alguns anos; como a base cresce mais rápido do que o cacto, após esse ponto, a diferença de velocidade entre os dois se torna grande demais para o enxerto crescer em conjunto, e os dois se separam . No entanto, você pode retransplantar o herdeiro de volta para o porta-enxerto depois disso."

Outras espécies de Gymnos:


Fonte

Fonte

Fonte


Sobre os Chamacereus


Fonte


"Echinopsis Chamaecereus é uma espécie de cacto da Argentina. Sinônimos incluem Chamaecereus silvestrii e Lobivia silvestrii . Ele tem sido chamado de "cacto amendoim ", embora outros autores usam este nome apenas para Echinopsis silvestrii, uma espécie diferente." Fonte

"Existem vários cruzamentos de Chamaecereus: Chamacereus x Lobivia ou Chamaecereus x Echinopsis e alguns híbridos de Hildewintera; este último tende a ser maior no crescimento da haste que o Chamaecereus . São colunares no crescimento quando jovem, pendentes à medida que amadurecem e produzem muitas flores de cores vivas da primavera ao outono . Há em sua maior parte uma semi-dormência no inverno, crescendo muito pouco e podendo ficar com o caule avermelhado." Fonte

Fonte

Pronto, feita a introdução, como são cultivados esses cactos coloridos? É a pergunta que não quer calar. Vamos lá.


Fonte

"Os primeiros Gymnos vermelhos, chamados "Hibotan" foram produzidos por E. Watanabe no Japão. A semeadura de alguns milhares de Gymnocalycium friedrichii rendeu duas mudas vermelhas brilhantes que teriam morrido rapidamente se não tivessem sido enxertadas de uma só vez. Destes foram produzidos literalmente milhões de plantas, distribuídas por todo o mundo, por enxertia. Além disso uma série de cultivares multicolores ou apenas parcialmente descoloridos são conhecidos como "Hibotan Nishiki". Algumas dessas plantas coloridas (aqueles com alguma clorofila) são capazes de crescer em suas próprias raízes."' Fonte


Cultivo e Propagação


"Cactos variegados são considerados de difícil cultivo, apesar de que muitos deles são relativamente fáceis de crescer; os albinos podem sobreviver apenas se enxertados sobre uma forte base verde."

"Solo: Use substrato mineral bem permeável com pouca matéria orgânica (turfa, húmus).
Umidade: água com moderação no verão e primavera manter mais seca no inverno por conta da dormência.
Fertilização: A alimentação com um fertilizante de potássio no verão.
Exposição: Eles não podem tolerar a exposição prolongada à luz direta do sol (especialmente durante os dias mais quentes de verão), assim cultivá-las em meia-sombra ou debaixo de sol filtrado é o recomendado." Fonte


Fonte

Pessoalmente acho difícil cuidar, são muito sensíveis, Ja perdi vários. Mas mesmo tendo por pouco tempo vale a pena apreciar essa beleza da natureza, não?


Fonte das fotos abaixo









Onde encontrar?


Os meus especificamente encontrei no Walmart (não estou fazendo jabá) por menos de 8 reais. Como moro em cidade pequena do interior, é meio incomum. Nas cidades grandes e onde existem Ceasas, é fácil achar nos atacados e feiras. Também nas redes de supermercados Extra, Pão de Açúcar, Carrefour, Leroy Merlin e outras. Também nas feiras que vem de Holambra e nos próprios produtores e fornecedores de lá.









12 comentários:

  1. Muito bom e esclarecedor, um amigo de grupo italiano já me havia dito ser possível cultivar na própria raiz os variegados, agora confirmei através do seu blog, vou fazer a experiência. Muito obrigado por compartilhar estas informações.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom e esclarecedor, um amigo de grupo italiano já me havia dito ser possível cultivar na própria raiz os variegados, agora confirmei através do seu blog, vou fazer a experiência. Muito obrigado por compartilhar estas informações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Post show, eu comprei uns e morreram porque coloquei no sol direto, agora comprei de novo e vou tentar a meia sombre ver se dá certo!
      Obrigado!

      Excluir
    2. Olá Evaldo! Esses coloridos são muito sensíveis mesmo, já perdi vários. Ainda estou aprendendo a lidar com eles!
      Abraços!

      Excluir
  3. Camila, que cactos lindos!! Vou tratar de procurá-los. Obrigada pelos esclarecimentos!
    Beijos!

    P.S.: Adorei o novo layout do seu blog! =)

    http://www.the-dearest-room.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Amei o post! Aprendo muito toda vez que venho aqui!

    ResponderExcluir
  5. Que loucura, não sabia que eram enxertados... Vivendo e aprendendo no seu blog : )

    Abraços Floridos

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de saber se podes me dizer ou tem notícia onde encontrá-los no Sul? Moro em orto Alegre e quero presentear minha nãe em seu aniversário, em Outubro!

    ResponderExcluir
  7. Uau, bem esclarecedor👏❤ satisfez minha curiosidade

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, em breve responderei! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...